sexta-feira, 12 agosto, 2022
HomeArapiracaTaxistas cobram regularização de motoristas de aplicativo e buscam definição da Arsal...

Taxistas cobram regularização de motoristas de aplicativo e buscam definição da Arsal sobre regulação

José Osmair, presidente da Associação dos Taxistas de Arapiraca, diz que a falta de regularização dos motoristas de aplicativo acaba prejudicando os taxistas

Na manhã desta quinta-feira (28/01), o repórter Cláudio Barbosa, do Comando 91, transmitido pela Rádio 91.5 FM, conversou com José Osmair, presidente da Associação dos Taxistas de Arapiraca, sobre a falta de regularização dos motoristas de aplicativo na cidade, o que acaba prejudicando a categoria dos taxistas.

De acordo com José Osmair, a situação dos taxistas é muito difícil, porque enquanto eles pagam as taxas obrigatórias para serem autorizados a trabalhar, os motoristas por aplicativo trabalham de qualquer jeito, sem pagar taxa nenhuma, sem regularização, o que acaba deixando os taxistas regularizados na defasagem.

A categoria reivindica que a Câmara Municipal de Arapiraca atue no sentido de regularizar a situação dos motoristas por aplicativo no município. A assessoria da Câmara Municipal informou que o Legislativo está em recesso parlamentar e só poderá discutir quaisquer pautas no retorno das atividades.

Outra reivindicação da Associação dos Taxistas de Arapiraca se refere à lista de passageiros que deve passar a ser exigida pela Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) para o transporte intermunicipal, no caso de fretamento realizado por taxistas cadastrados. “Nós queremos uma definição da Arsal se é preciso fazer a lista de passageiros ou não, pois esse impasse está nos prejudicando”, reclamou José Osmair.

Nossa reportagem entrou em contato com a Arsal para solicitar um posicionamento em relação à reivindicação dos taxistas de Arapiraca. A Arsal nos enviou uma nota por meio da assessoria.

Confira a nota na íntegra:

“A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) esclarece que, por decisão judicial, está retomando a fiscalização e regulação do serviço de transporte intermunicipal realizado por táxis e que tal serviço deve contar com um itinerário pré-estabelecido e autorizado pela Agência.

A Arsal informa ainda que já realizou algumas reuniões com representantes da categoria esclarecendo toda a situação.

Para mais informações o interessado pode comparecer a Agência Reguladora, localizada na Rua Engenheiro Roberto Gonçalves Menezes, nº 149, no Centro de Maceió, das 8h às 15h, de segunda a sexta-feira, ou pelo telefone / WhatsApp 98882-2233.”

Assista à reportagem na íntegra:

Reprodução: Portal NN1

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS